Você recebe um briefing que diz: Precisamos da comunicação de um evento que fala sobre “como o passado e o futuro estão cruzados e polinizados por autores contemporâneos. O que você faz?

A belga Nathalie Pollet, do estúdio Pam e Jenny resolveu brincar com a imagens de quadros clássicos distorcidos no scanner. O resultado ficou bem pertinente, mas fugiu dos clichês (e falar de passadoxfuturo pode cair em clichês) e por isso ganha quatro estrelinhas o projeto.

Compartilhe:
  • 182
    Shares