Por meio de seu projeto TYPE + CODE, o designer Yeohyun Ahn está desenvolvendo códigos de programação que dão novas formas à caligrafia tradicional e buscam reinterpretar em tipografia moderna e contemporânea os conceitos da escola Bauhaus. O projeto se iniciou no Maryland Institute College of Art, instituição dirigida pela designer e teórica Ellen Lupton.  “Eu uso as formas de letras, palavras e frases para explorar formas tipográficas inovadoras com elementos básicos visuais. Eles transmitem diversas mensagens visuais inspiradas pela natureza, abordando questões ambientais, tais como o design verde ou a cura através das artes; é um trabalho de interpretação filosófica”, conta o designer.

Mas como fontes tão complexas e tão carregadas de significado podem ter alguma coisa a ver com a Bauhaus, escola que defende justamente as formas mais simples? Em entrevista à editora Cosac Naify, Ellen Lupton explica que “ o designer Yeohyun Ahn construiu um projeto complexo em torno de ideias básicas. As fontes criadas por Yeohyun Ahn foram geradas por um código de computador. Esse código é razoavelmente simples, mas as formas que dele resultam são orgânicas e singulares. Na escola Bauhaus, os designers podem não estar em busca de desenhos como estes, mas ficariam contentes com a lógica que há por trás disso. Ao aprender conceitos básicos como escala, hierarquia, figura/fundo e padrões de textura, estudantes estarão aptos a controlar melhor a criação de formas em qualquer linguagem. Ocorre que os designers frequentemente usam vários efeitos de programação a esmo porque não sabem como colocar as coisas reunidas baixo determinados princípios.”

Para saber mais sobre o projeto TYPE+CODE, acesse http://www.yeoahn.com/typecode/.

 

Ellen Lupton, a designer diretora do Maryland Institute College of Art que acompanhou este e centenas de outros projetos inovadores no universo gráfico estará em setembro no Brasil no ABC | X, um evento que leva a assinatura da abcDesign. Visite eventoabcx.com.br e fique por dentro!

Compartilhe: