Ícones do design

Mulheres do design

Dia das mulheres é algo meio estranho, porque hoje não parece haver uma razão "de verdade" de ter um dia para celebrar aquilo que representa metade da população mundial.

CARTAZES RUSSOS PARA AS MASSAS

Na última edição da abcDesign, iniciamos a série de artigos sobre a história dos cartazes políticos. Como já foi dito na introdução do primeiro artigo, a ligação dos meios gráficos com a persuasão de idéias políticas e sociais é antiga, mas a invenção da imprensa no século XV e, principalmente, a litografia em 1824, intensificaram essa qualidade. Por isso, a partir de meados do século XIX, os cartazes tornaram-se um importante veículo no meio comercial e cultural da Europa

O porquê do design – Blackletter

Legibilidade sem dúvida é um conceito que mudou radicalmente. De pensar que durante o século XII a tipo Gótica (sim, essa toda rebuscada) era a que mais fazia sucesso. Isso porque ela conseguiu suprir a demanda de livros na época - que ainda eram copiados manualmente pelos monges - por ocupar menos espaço, gastar menos material e ser mais fácil de reproduzir.

O porquê do design -Caneta Bic

Como uma caneta, hoje, tão normal, pode ser um dos ícones mais incontestáveis do design? Simples. Pegue uma invenção simples, mas fantasticamente revolucionária, e a transforme em algo ainda mais funcional e mais barato. E você tem a história da caneta BIC.

Milton Glaser e uma história do design

Conheci o trabalho do Milton Glaser nas páginas da revista Gráfica ainda no final dos anos 80. Já conhecia o trabalho de um conterrâneo dele, o Lubalin que morreu em 1981 e para mim foi um dos mais importantes designers.

80 anos de Milton Glaser

Com 80 anos de vida, Milton Glaser é uma simpatia em pessoa. Considerado uma celebridade do design gráfico nos Estados Unidos, ele é um homem presente em diversas etapas de evolução do design gráfico, participando de projetos importantes como a marca "I love NY" e Tomato, além de ter desenvolvido milhares de pôsters que ficaram conhecidos por todo o mundo. Talvez o mais famoso foi o pôster da capa do disco de Bob Dylan.