Esta semana, o Centro de Design Paraná e a Prodesignpr se reuniram com o Sebrae para falar sobre os dois programas de incentivo às pequenas empresas procurarem serviços de Inovação e Tecnologia (que inclui design de produto), chamado Sebraetec, e o Programa de Alavancagem Mercadológica – PAM (que inclui serviços de design gráfico).

Ambos programas funcionam basicamente como o cartão do BNDES, existem empresas credenciadas para prestar  serviço e empresas com demandas que procuram os fornecedores dentre os cadastrados no banco do BNDES. Neste caso, os projetos são financiados a partir dos empréstimos no banco. Já no Sebraetec e no PAM, parte é subsidiado e parte deve ser pago pela empresa demandante (até 80% de subsídio no caso do Sebreatec e 40% no PAM).

Mas para usufruir destas oportunidades, as agências de design devem se cadastrar nos programas, ou então não poderão prestar o serviço. O edital está aberto, é só ler tudo e se cadastrar!

E para quem acha sacanagem que é só no Paraná, procure as condições no Sebrae do seu Estado. Não devem faltar programas de incentivo como estes.

 

Compartilhe: