Pedro Ureta, um viúvo que vive nos pampas da Argentina, perdeu sua esposa em 1977, vítima de um aneurisma cerebral. Desde então, devastado com a morte da companheira, Ureta cultivou nas horas livres eucaliptos e árvores ciprestes em um campo aberto para criar um visual que só pudesse ser visto de um avião, pois esse era um desejo da amada anos antes de sua morte.

Ao sobrevoar os campos dos Pampas, Graciela, o nome da homenageada, viu uma forma que parecia um balde de leite e sugeriu ao esposo a criação de um desenho no terreno da família. Como eram muito ocupados, a ideia da esposa nunca veio à tona. Por isso, após perdê-la, Ureta decidiu criar a guitarra, que era o instrumento preferido da amada.

Quando ela faleceu, “a chance deles de criar algo juntos havia se perdido para sempre. Devastado, Ureta decide concretizar o sonho de sua esposa por conta própria e  passou a dedicar seu templo livre para plantar e cultivar as árvores no formato de uma guitarra”, contou Diane Pham, em post no site Inhabitat.

Hoje, após 35 anos, a guitarra pode ser vista de cima por quem sobrevoa a região, mas ele mesmo só pode ver por fotos, pois, de acordo com Diana, ele tem fobia por voar.

 

Viainhabitat.com