Quando pensamos em fazer a matéria de papeis para a revista abcDesign edição 29, a primeira vontade era falar, na verdade de origamis e design, pois essa técnica oferece ao designer soluções tridimensionais complexas e muito variadas.

Tudo começou com a apresentação de Robert Lang, no TED, que mostrou teórica e praticamente as possibilidades do origami. Segundo ele, o tema central da técnica, a dobradura, é bem antigo, de mais ou menos 1780. Em meados do século XX, um artista japonês chamado Yoshizawa, criou dezenas de novas formas para algo que parecia um tanto limitado, porque ele conseguiu desvendar a linguagem matemática e de códigos (com pontos, travessões e setas) que permite criar qualquer forma que se queira.

Lang explica que o origami se baseia em padrões de vincos que obedecem quatro leis (leia mais abaixo). O primeiro passo é abstrair ao máximo a figura que se quer transformar em origami (em figura palito), combinar a imagem em um quadrado, aplica-se as quatro leis, e gera-se o “mapa” de dobras e vincos. Parece simples, mas é claro que não é. Um programa de computador gera facilmente esses padrões. No entanto, é assim que entendemos que de uma folha de papel, pode se chegar a qualquer coisa que se queira.

E é pensando assim que o origami tem sido aplicado em soluções médicas, no espaço, em produtos eletrônicos, móveis, embalagens, etc. etc. Basta pensar que é uma solução extremamente eficiente para se criar produtos que devem ser facilmente armazenáveis (como uma barraca, por exemplo), ou em que não se queira usar cola, parafusos e demais junções.

O origami tem variação. Embora o princípio seja basicamente dobras, nada de cortes e colagem, entres os apaixonados pela arte, vale mesmo a criatividade. Uma dos ramos que rende muito são os mosaicos geométricos de origami, que criam patterns e formas abstratas realmente inspiradores.

Quer treinar seu origami?

http://www.origamitube.com/

Tessallation é esse mosaico de orgamis geométricos. http://www.flickr.com/photos/origomi/

Tessallation é esse mosaico de orgamis geométricos. http://www.flickr.com/photos/origomi/

 

Brian Chan, estudante da Massachussets Institute of Technology é um ávido orgamista... Essa é uma recriação em 3D de um logo "Mans et Manus) e sim, é feito a partir de uma única folha.

Brian Chan, estudante da Massachussets Institute of Technology é um ávido orgamista... Essa é uma recriação em 3D de um logo "Mans et Manus) e sim, é feito a partir de uma única folha...

 

Esse é diagrama que indica todas as dobras (Man et Manus II)

... que tem esse desenho.

 

Dá para fazer até casa. Miwa Takabayashi. http://www.miwaart.com/

Dá para fazer até casa. Miwa Takabayashi. http://www.miwaart.com/

 

Daniel Schipper. Estufa. http://www.danielschipper.nl/

Daniel Schipper. Estufa. http://www.danielschipper.nl/

 

Cortina com pontos metálicos nos vértices das dobras. Hanna Allijin. http://www.allijn.nl

Cortina com pontos metálicos nos vértices das dobras. Hanna Allijin. http://www.allijn.nl

 

Chá, pela russa Natália Ponomareva

Chá, pela russa Natália Ponomareva

 

Tocador de DVD conceito, da Inventables.

Tocador de DVD conceito, da Inventables.

 


Poster Dobradura. Feito pelo escritório http://www.round.com.au/ 

Poster Dobradura. Feito pelo escritório http://www.round.com.au/

 

Compartilhe: