A pergunta é “e se ao invés de jogar fora seus tocos de lápis você pudesse plantá-los e fazer crescer algo delicioso, bonito e divertido?” Esse questionamento surgiu do pessoal do Democratech, uma equipe de designers e engenheiros de Cambridge, Massachusetts-USA, ao idealizar o projeto Sprout, que tinha como essência colocar sementes nas pontas dos lápis para serem plantados quando sua serventia chegasse ao fim.

“Quando o Sprout está muito curto para ser utilizado, ele pode ser plantado para crescer uma linda flor, erva, ou vegetal. A cápsula da semente é ativada com água. As primeiras vezes que regar com água o Sprout, ele dissolve a cápsula protetora e começa a germinação da semente. Nós plantamos dezenas de Sprouts  e descobrimos que eles geralmente brotam em torno de uma semana”, disse Mario Bollini, um dos mentores do projeto.

A ideia do grupo foi vendida da seguinte forma. Eles divulgaram o Sprout no Kickstarter – uma plataforma para ajudar projetos criativos a conseguirem patrocínio e dar o ponta pé inicial na ideia – por meio de um vídeo. A equipe conseguiu levantar, entre os dias 20 de agosto a 19 de setembro, mais do que o estimado para tirar o Sprout do papel.

Para saber mais sobre o projeto e assistir ao vídeo, clique no link http://kck.st/PzJSAt.

 

 

 

 

 

Compartilhe: