Uma gama de produtos oferecidos hoje em dia traz linhas, cores e estilos de diferentes gerações, motivados não só a se apropriar da beleza estética de épocas passadas, mas, também, em mexer com as emoções mais profundas do ser humano. Através da nostalgia e do resgate de valores mais antigos, essas peças estão cada vez mais presentes na vida do homem contemporâneo, pois “tudo que se remete ao passado é reconfortante”, coloca o historiador da arte, PHD pela Universidade de Londres, e escritor Rafael Cardoso.

Vermelho, com linhas arredondadas, puxadores de alumínio cromado, carregando a logo da empresa estilo anos 50, o refrigerador retrô 352L faz parte de uma série de produtos recentemente lançados pela Brastemp. O esquimó, um dos maiores ícones da marca, volta diretamente do passado para também fazer parte dessa peça.  Além da geladeira, outros dois eletrodomésticos completam a coleção anos 50, tendo a mesma base do apelo nostálgico: o fogão e o frigobar.

 Para falar um pouco sobre essa nova tendência de mercado e seus produtos na linha retrô, a abcDesign conversou com Mario Fioretti, gerente geral de Design Industrial e Inovação da Whirlpool – Brastemp, Consul e KitchenAid.  

1 – Quando a Brastemp incluiu a linha retrô? Qual a proposta dessa linha e qual é seu público alvo?

A Brastemp, sempre atenta às tendências e suas manifestações, identificou nos movimentos vintage uma oportunidade de trazer para o consumidor de sua marca um produto que entregasse modernidade, irreverência e bom humor. Em 2007, então, lançamos o minirrefrigerador Brastemp Retrô, um sucesso que nos incentivou a aumentar a família de produtos inspirados no estilo vintage.

Pensando na demanda do consumidor por novidades e na força da tendência retrô, resolvemos levar esse projeto adiante, sendo lançado pela Brastemp por ter maior aderência ao propósito da marca, de fugir do óbvio e oferecer design ousado e bem-humorado para os consumidores.

Para a criação, houve o envolvimento de diversas equipes, passando pelas áreas de design, tecnologia e marketing. Foram muitas pesquisas e imersões no passado, mas também com os olhares no futuro, para que fossem atendidos todos os aspectos do projeto. Desde a observação de produtos que traduziam a marca há dezenas de anos, até o estudo da moda vintage; tudo o que traz a dualidade do passado e futuro foi instrumento de inspiração.

 

2 – Entre os eletrodomésticos retrô, qual é o mais vendido?

Por questões estratégicas, não divulgamos essa informação. Porém, a linha Retrô tem uma aceitação grande pelo público e os produtos atendem as necessidades dos consumidores.

Importante  ressaltar  que  a Brastemp investe em produtos coloridos para a linha  branca  desde o final dos anos 90. Os primeiros produtos foram os de Inox,  seguidos  por produtos nas cores champanhe metálico e preto, a linha YOU,  que  permite  milhares de cominações, e a Retrô. Hoje, os produtos com cores e acabamentos diferentes do branco correspondem a cerca de 40% dos produtos da marca Brastemp à venda.

 

3 – Quantos produtos existem nessa linha?

Os produtos da marca são os minirrefrigeradores, disponíveis nas cores amarelo, vermelho e azul, e os refrigeradores e fogões da família Retrô, disponíveis nas cores amarelo, vermelho e preto.

 

4 – Ela deve aumentar nos próximos anos?

Por enquanto, não há previsão para novos produtos da família Retrô – minirrefrigerador, geladeira e fogão – que ainda são fortemente percebidos como objeto de desejo entre os consumidores. De qualquer maneira, estamos sempre atentos aos nossos consumidores, entendendo seus desejos e necessidades e propondo experiências que tenham a ver com seu posicionamento.

 

5 – De acordo com um artigo publicado no site In design, em 2009, o revival de produtos acontece com maior intensidade no final do século, pois seria uma espécie de balanço do que aconteceu durante os últimos cem anos. Por que, então, na primeira década do século XXI a utilização do design rêtro vem tendo essa presença tão marcante dentro do mercado atual?

 

O movimento retrô é algo que foi construído nos últimos anos. É o fruto de uma tendência que busca um resgate do conhecimento, do agradável e das boas memórias.

Essa necessidade começou a ser mais forte na passagem do ano 2000, justamente por ser um período que as pessoas esperavam demais e essa ansiedade acelerou o processo de resgate de memórias. Tudo isso fez com que os consumidores olhassem pra trás e começassem a buscar referência para o que é confortável e conhecido.

Ela foi se solidificando desde então e notamos que não é um modismo, é de fato uma tendência que está abrindo um segmento de consumidores que buscam produtos que oferecerem características estéticas diferentes dentro de uma modalidade muito moderna e contemporânea. É o caso dos produtos da linha retrô.

Conforme já citado em questão anterior, os produtos possuem um visual vintage, mas trazem todos os features e têm a mesma eficiência energética dos mais modernos e atuais equipamentos.

Compartilhe: