Que o design está cada vez mais comum é um fato indiscutível, como isso está acontecendo, pode ser alvo, sim, de debates. Muitos dos profissionais reclamam (e com razão) sobre a ignorância (no real sentido de falta de saber) das pessoas que não são da área. Quem fala de “fazer designer”, de cliente que não confia no profissional (e dá-lhe alteração porque ele não gosta “daquela cor”), e pior, das pessoas que literalmente não sabem nem o que é design!

vinhos_capa_

Mas esperem aí. Será que o próprio designer sabe explicar sempre – e de forma acessível – o que é todo esse mundo misterioso? Acho que as coisas não são tão simples assim.

Por isso é bacana a iniciativa da editora REXLivros, que tem lançado alguns títulos que abordam o design de forma bem diferente. Gustavo Piqueira e Marco Aurélio Kato, sócios da REX Design e autores dos três títulos lançados pela editora este ano. “Lobisomem Reflete sobre as Confissões de Santo Agostinho Numa Festa Insuportável nos Jardins” e “Papai Design“, e agora em conjunto, o primeiro da Coleção Design?: Vinhos!

 

O livro reúne depoimentos de designer sobre diversas marcas de vinhos brasileiras, mas o objetivo da publicação não é fazer exatamente uma análise dos rótulos e dos posicionamentos. Os autores usaram do bom humor para criar um diálogo sobre chavões da profissão, tentando diminuir a complexidade por trás dos discursos sobre design. “Irreverência. Achamos que, hoje em dia, o assunto vem sendo discutido de forma por demais pomposa ou glamurosa. É preciso desmistificar um pouco isso”, confirma Piqueira, que já tem outros oito livros publicados por outras editoras.

vinhos_dupla1_vinhos_dupla2_

Viabilizar uma nova abordagem do universo visual é a principal missão da REXLivros, e parece que tem muita gente interessada em dar esse novo ponto de vista. “Com esses novos lançamentos, começamos a receber contato de outras pessoas que gostaram da ideia da RexLivros, e nos procuram para publicar seus livros – isso é o maior sinal que poderíamos receber de que nossa proposta é realmente mais ampla do que simplesmente achar um jeito de viabilizar nossa produção, é a de criar um espaço para exibição e discussão da cultura visual de um jeito novo e diferente”.

Renovar o olhar é absolutamente essencial para qualquer profissional que lida com a criatividade. Aqui, vamos ficar de olhos nessas novidades, tentando contribuir nessa jornada, para colher os frutos positivos que certamente o design vai ter daqui para frente. E você, como vai contribuir?

Compartilhe: