Ficou um sentimento aqui de “porque não pensamos nisso antes” com esse projeto de graduação do japonês Miki Tsutai. Conhecemos alguns apaixonados pela cultura japonesa que iriam adorar. Essa ideia dá para ser usada de outras maneiras legais, não? Quantas histórias os pratos poderiam contar? e quais outras formas de fazer  interagir o prato interagir com a comida?

Mais:

Dica do Creative Roots.

Compartilhe: