Para construir a série batizada de Injections, o artista Bradley Hart utilizou como canvas folhas de plástico bolha e injetou tinta em cada uma de suas ‘bubbles’ para criar retratos e imagens diversas. Para montar os retratos, o artista teve como referência uma foto e tratou cada bolha como um pixel da imagem. Por isso da obra parecer uma fotografia “pixelada”.

O trabalho de Hart, segundo o site laughingsquid.com, faz parte de uma exposição batizada de “What? Where? When? Why? How?”, em cartaz na Gallery Nine5, em NYC, até o dia 29 de Março.

 

 

 

 

 

Compartilhe: