ABCDESIGN > MATÉRIA-PRIMA DA CRIATIVIDADE

A convite da Revista ABC Design, o Follow the Colours foi conferir a palestra com o designer português Miguel Neiva. Neiva é o criador e responsável pelo ColorAdd ®, um sistema universal de identificação de cores para daltônicos que utiliza o amarelo, azul e vermelho, representadas por símbolos gráficos de fácil memorização.

A soma das cores permite relacionar os símbolos – identificando facilmente as cores que o representam, além do preto e do branco que também tem seus símbolos correspondentes para melhor orientar nas tonalidades claras e escuras.

Talvez você não saiba, mas impressionantes 10% da população mundial masculina (apenas 2% são mulheres) sofre de daltonismo, doença de origem genética e sem cura. Uma pessoa com visão normal é capaz de enxergar cerca de 30.000 cores. Já os daltônicos, identificam apenas entre 500 e 800 cores. Miguel realça que o projeto tem como missão, trazer qualidade de vida e menor constrangimento a quem sofre da doença, e lembra que conviveu de perto com o embaraço que o daltonismo pode trazer. Quando era criança, Neiva teve um colega de classe daltônico que constantemente ia para a aula com pares de meias de cores diferentes e era motivo de gozação dos colegas.

Como todo projeto inovador, foi necessário muita pesquisa e custos: Miguel dedicou 8 anos de trabalho e investimentos pessoais, mas agora vem colhendo os frutos. O ColorADD foi reconhecido pela comunidade científica, premiado em vários países e recentemente eleito pela Revista Galileu como uma das 40 ideias que vão melhorar o mundo. Já está também sendo aplicado por empresas em Portugal e pronto para ser adaptado globalmente a todos os setores que usam sistemas de identificação em que as cores, são a base visual.

Exemplos: saúde (comunicação visual de hospitais e nas pulseiras de identificação de pacientes), vestuário (tags de roupas), transportes (as linhas de metrô em todo o mundo são separadas em cores!), educação (lápis de cor, jogos), esportes (uniformes), alimentação (já imaginou que o daltônico não enxerga as maçãs vermelhas? Para ele, todas são verdes), entre outros.

Além da adesão de vários países ao sistema, o próximo passo de Miguel é a criação de uma ONG que esteja presente no mundo todo. Na proposta está inclusa a criação de uma equipe que realizará testes de daltonismo gratuito nas escolas.

Sem dúvida é uma belíssima idéia. Um grande projeto para uma doença pouco estudada e que atinge uma parcela considerável da população. Ao assistir a apresentação, podemos afirmar claramente que o design não está apenas a serviço da estética, mas também à serviço de ideias que solucionam, organizam e melhoram a vida das pessoas.

Colaborou com o Follow The Colours: Lucas Lima (@lucas_pl), diretor de criação com 10 anos de experiência no mercado publicitário.

Saiba mais: coloradd.net

 

abcDesign

Matéria prima da criatividade

4 Comentários

  1. cAROL disse:

    Obrigada pelo convite e pela oportunidade pessoal ABCDesign!

  2. MIGUEL NEIVA disse:

    Obrigado pelo post.
    como autor do código ColorADD, posso dizer que comentários como estes são um enorme foco de motivação para levar esta apaixonante e COLORIDA cruzada e garantir a sua implementação mudial permitindo a inclusão e a igual acessibilidades para todos.
    Muito em breve estará implementado também no Brasil.
    O que necessitarem, estarei sempre deste lado!
    Miguel Neiva

  3. Fábio Güths disse:

    Genial!!!
    Realmente vai melhorar a vida de muita gente.

  4. Rogerio Tadeu Rodrigues disse:

    Meu filho Vinicius tem 10 anos e é daltonico como o avô dele. Já o peguei calçando uma meia azul e outra rosa, sem noção de que eram diferentes! Antes de saber que era daltonico eu cobrava dele que pintasse seus desenhos com cores mais coerentes, depois descobri que na verdade ele não via o que eu via. Esta iniciativa vai realmente mudar a vida de pessoas como o meu pequeno. Somos gratos por pessoas inspiradas em melhorar a vida das pessoas nos mais pequeninos detalhes como este.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>