ABCDESIGN > MATÉRIA-PRIMA DA CRIATIVIDADE

Quem diria que com tantas celebridades da propaganda por aqui, uma das atrações mais esperadas era a cantora, poetisa e ícone do punk, Patti Smith. Numa palestra descontraída e com direito até a música, Patti compartilhou com o público o que pensa sobre publicidade, criatividade e design, com seu espírito contestador, claro.

Para os jovens criativos, ela enfatizou a importância de ser verdadeiro consigo mesmo, de trabalhar duro e ser observador. “Lembre-se que a tecnologia é muito útil, mas é preciso desenvolver um sentido estético. Nestes nossos tempos, é importante valorizar o que foi feito no passado tanto quanto saber usar a tecnologia do presente”.

Smith falou várias vezes da importância do design, colocando inclusive acima da propaganda. “É mais importante um anúncio que respeite a beleza e a estética. Muita propaganda é ruim, mas se for fazer propaganda que seja primeiramente verdadeira e que seja agradável”.

É de se estranhar Patti Smith num evento como o Festival de Cannes, que parece a antítese do que ela sempre acreditou, mas a rainha do punk rock não se sentiu intimidada com a dúvida que suscitou nas pessoas. “Acho que podemos inspirar as pessoas em qualquer lugar e eu gosto de estar onde não esperam que eu esteja”.

Quando perguntaram para ela sobre o Twitter, ela confessou não usar a ferramenta, mas a entende como um meio muito importante de comunicação rápida e eficiente para movimentos de protesto porque rapidamente reúnem as pessoas. “Por meio de todas essas ferramentas, desde o Twitter ao celular, é possível criar movimentos para melhorarmos o mundo. E tenho certeza que os governos e as grandes corporações têm muito medo disso”.

Para uma artista da natureza da senhora Smith, foi inevitável perguntar sobre o que ela acha da forma como se divide músicas hoje. Diferente de muitos artistas, Patti falou mais sobre a frustração de suas músicas chegarem antes ao público e ela perder a oportunidade de surpreende-los num show. “Não me levem a mal. O artista tem que ganhar dinheiro pela sua arte, claro. Eu tenho família, responsabilidades. Mas se eu fosse grande como os Beatles, eu nem ia mais ligar para isso. Afinal, de quanto dinheiro você realmente precisa?”

Sem dúvida, ela vai contra a corrente do objetivo do festival. Por mais que fale de criatividade, propaganda e design têm como finalidade ajudar as marcas a ganharem mais dinheiro. Patti foi uma estranha no ninho, mas não deixou de ser inspiradora.

abcDesign

Matéria prima da criatividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>