Sem título-2

Bauhaus. A pedagogia da ação

Antônio M. Fontoura - A “Staatliche Bauhaus” foi fundada por Walter GROPIUS em 1919, na Alemanha. Foi um acontecimento cultural importante e determinante durante a República de Weimar. Como centro de produção cultural e intelectual, enfrentou durante sua existência, sérios problemas políticos e ideológicos. Passou por Dessau e encerrou suas ativi-dades em Berlim. A Bauhaus não pode nem deve ser entendida como “idéia de um só homem”.
chico-homem-de-melo-baixa

Linguagem se alimenta de linguagem

Chico Homem de Melo - Se o curso é de Português, temos que ensinar Português, e não Grego, certo? Errado. Ou, para dizer o mínimo, um começo pouco promissor. Um estudante de Letras que só estudar Português terá uma compreensão da língua muito mais pobre do que se ele também tiver contato com Grego, Latim, Espanhol, Inglês... (E, se sobrar um tempinho, uma pitada de línguas asiáticas não lhe fará mal algum).
esse bracelete

Re-utilize

Eu tenho uma teoria, que está mais para uma esperança. Eu acredito que um dos futuros do design de produto é a reutilização de materiais. Afinal, Já temos coisas o suficiente no mundo, porque ao invés de criarmos mais materiais ou explorarmos mais matérias-primas, porque não reutilizamos objetos já existentes.
Robert Crumb

O grande Crumb

Robert Crumb é dos maiores quadrinistas do mundo. O cara, para mim, tem um traço incrível e um senso de humor dos mais ácidos, safados e inteligentes que eu conheço, e tem tudo a ver com a matéria para a próxima abcDesign, número 28, por isso estou colocando ele aqui.
Rogério Duarte

Brasil em cartaz

A Exposição em Chaumont, a conhecida "cidade dos cartazes", encerra o ano do Brasil na França e mostra as artes gráficas brasileiras em um lugar privilegiado. No ano de 1906, Gustavo Dutailly, deputado de Haute Marne - unidade francesa equivalente a um estado brasileiro -, doou à Biblioteca Municipal da cidade de Chaumont cerca de 10 mil documentos entre livros, jornais e gravuras, além de uma invejável coleção de cinco mil cartazes litográficos, muitos deles ilustrados por mestres como Toulouse-Lautrec, Grasset, Chéret e Bonnard.
chico-homem-de-melo-baixa1

Digital, artesanal, design ambiental: rimas e soluções

Chico Homem de Melo - Um mal se alastra pelo mundo: os banners. Eles estão em toda parte, multiplicam-se em progressão geométrica, ocupam nosso caminho. Aliás, ocupam nosso caminho literalmente: eles costumam ser pendurados em porta-banners pernaltas que invadem sem cerimônia os espaços de circulação. Se, por um lado, os equipamentos de impressão em grandes formatos abriram um amplo leque de possibilidades de comunicação para o designer, por outro eles criaram paradoxos que dificultam a plena realização dessas possibilidades.