Tigelas Goyu

Tigelas Goyu

wall-hanger

Cabideiro

stamp_eiffle

Carimbo Torre Eiffel. Tem também Estátua da Liberdade, Big Ben... todos minimalistas

peneiras

Set de peneiras em aço inoxidável

caixa

Caixa empilhável transparente

hanger

Cabideiro também

gavetas

Gaveiteiro modular

“Muji não é uma marca. A Muji não faz produtos de moda ou individualistas, nem mesmo reflete sua popularidade do seu nome nos seus preços. Muji cria produtos para uma visão global de consumo do futuro. Isso significa que não criamos produtos que seduzem os consumidores por “esse é o melhor” ou “tem que ter isso”. Gostaríamos que nossos consumidores  sentissem um sentimento racional de satisfação que vem, não com “isso é o melhor”, mas “isso é suficiente”. O “melhor” se torna “suficiente”.”

O argumento da Muji é que a economia como a conhecemos não é mais possível, e que a conviência harmônica entre os países (vivemos em um mundo globalizado, ora pois!) só acontece se deixamos de enfatizar o que nos distingue. Para eles, devemos deixar de viver uma vida de egoísmo e da busca pela auto-satisfação constante para passarmos a viver de forma moderada e de auto-contenção. Baseada em princípios para um mundo mais sustentável, a Muji, está mais para  uma filosofia de vida comportamento do que uma loja, mas é uma marca criada no Japão que já possui lojas nos EUA, Europa e Ásia.

Com certeza, para muitos devem ser assustadores esses pensamentos. “Não quero ser igual”, “Não quero perder meu direito de consumir”. Mas não é assim tão radical. Afinal, quem está falando sobre esta nova forma de viver é uma loja, um negócio, e quebrar não é a intenção deles, com certeza.

Porém é uma nova forma de pensar o design e o consumo que leva em conta um freio, um limite. Algo que o consumismo enlouquecido que vivemos desconhece. E muitas pessoas compartilham desse tipo de pensamento…

Em termos de design, a Muji descreve que seus produtos são absolutamente simplificados e baseia seu design nos melhores materiais, métodos de manufatura e forma. Levando em consideração seus princípios, não se trata de torná-los o mais barato possível, nem usando o mais mais rápido e fácil sistema de produção (leia-se também mão de obra baratíssima). Seu design baseia-se “na verdadeira natureza do material fazendo o produto”. Até por isso a escolha é por simplicidade, pois tira-se o desnecessário para tornar o produto mais acessível (em termos de preço, qualidade, e estética). Além disso, os produtos, principalmente móveis e compartimentos, são modulares. O lema é aproveitar tudo ao máximo. “Do salmão, aproveita-se da cabeça ao rabo”!

Reforçando sua filosofia, a Muji conta também com uma loja de café-da-manhã (super saudáveis, claro) e um Campsite, com workshops sobre acampamento, artesanato regional e atividades fazendeiras (plantação e criação).

E você, o que achou? Chato? Simplista demais? Interessante?

Dica da Adélia Borges.

Compartilhe: