A alemã Genise Marwedel de 24 anos deixou a universidade em 2005 e, na sequencia, seguiu para a Índia trabalhar em um orfanato. Lá ela entrou em contato com a técnica indiana henna, que nada mais é do que utilizar o corpo humano como tela de pintura. Após meses, voltou para casa e desde 2009 trabalha como terapeuta, mas é a sua arte a responsável por chamar a atenção das pessoas.

“Como você pode perceber, o estilo de Genise é basicamente realista e surrealista. Apesar do nível relativamente bom de sua arte em todas as formas, isso continua sendo um hobby”, afirmou o site inspirationfeed.com.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:
  • 1
    Share