A Emigre foi uma das revistas de design e cultura mais importantes até hoje, tendo sido publicada entre 1984 e 2005, indo até o número 69.

Ela é considerada por muitos – como Steven Heller, Rick Poynor e Ellen Lupton – um marco em conceito gráfico pela experimentação tipográfica digital que a caracterizou. “De fato, entre todas as revistas de design publicadas no fim do século XX, a Emigre foi quem disparou a revolução digital que é tão endêmica ao jeito como o design parece, sente e pensa hoje”, escreveu Heller.

Em novembro, sai a Emigre n° 70: The Look Back Issue, Selections from Emigre Magazine #1-#69, 1984-2009, Celebrating 25 Years in Graphic Design, que o título já esclarece, uma retrospectiva do melhor de cada número da publicação. O livro foi editado pelo mesmo responsável pelas edições anteriores, Rudy VanderLans e publicado pela Ginko Press.

Esse não chega tão cedo aqui, mas novembro nunca esteve tão longe!

emigre-70_icemigre-70_i5emigre-70_i4emigre-70_i3emigre-70_i1

Compartilhe: