Chegamos ao 16º dia do ‘30 days on the street’. Quem mandou a imagem da vez foi o redator Rodrigo Forbeck. Leia abaixo o que a foto representa para ele.  

Esta foto foi tirada em uma das ruas da Cidade do Panamá, uma metrópole que me encantou com a receptividade de seu povo e me impressionou com as contradições de seu desenvolvimento urbano.

Quando capturei a imagem, estava em um dos muitos táxis velhos que dividem as ruas com grandes e novas SUVs trazidas de Miami. O Panamá é um país que teve seu desenvolvimento mais expressivo na última década, pois até o final de 1999 os Estados Unidos controlavam o famoso Canal do Panamá, um ponto importante para o comércio internacional e que passou a gerar muito lucro ao país.

O que se pode ver através do retrovisor quebrado do veículo é uma área pobre na região do Casco Antiguo, onde, em ruas bem próximas da mostrada na foto, pode-se apreciar estruturas históricas, desfrutar de bons restaurantes e comprar artesanatos. O curioso é que, mesmo nas ruas nobres da cidade, encontrar um endereço não é uma tarefa fácil. Muitas ruas não possuem nomes oficiais e muito menos números demarcando as residências. 

 

Compartilhe: