O estúdio londrino Pinaki se uniu a loja de chocolates holandesa Chocolátl e criou uma série de alimentos com design para degustar, que eles resolveram chamar de superfícies comestíveis – ‘edible surfaces’, em inglês. As peças foram criadas por meio do processo de fusão, utilizado por artesãos têxteis e de chocolates, para fazer os doces com os diferentes tipos de textura, desde o plissado até os relevos.

“O projeto explora paralelos em métodos técnicos de dois artesanatos diferentes, para produzir conceitos para o desenvolvimento de objetos consumíveis. A investigação rendeu conexões surpreendentes entre duas disciplinas com controle de temperatura, modelagem e técnicas químicas, sendo comuns fatores chaves entre os dois”, disse Lara, do Designboom.

No site do estúdio, a equipe diz que ambas as empresas dividem a paixão por chocolate, tecido, design, artesanato e suas intersecções, o que garantiu uma apresentação na Dutch Design Week, com data marcada o próximo dia 20 de outubro.

Para quem tiver interesse em conhecer o estúdio, segue o link do site deles: www.pinakistudios.com/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe: