Confessamos que ainda está um pouco envolto em mistério como realmente funciona esse projeto do Floating Cinema, em Londres, mas uma coisa é certa, o conceito é fantástico. Já imaginou navegar pelo Tâmisa, numa noite bonita, aproveitando um filme no embalo das águas? Para quem não enjoa deve ser uma experiência no mínimo diferente.

Só que os filmes que serão mostrados não são aqueles convencionais. A organização pediu que as pessoas mandasse gravações caseiras feitas no canal de Londres para que os artistas do estúdio de arte Somewhere criassem uma experiência artística a partir de montagens.

O barco em si foi desenvolvido pelos arquitetos do Studio Wave e os artistas da dupla Somewhere. As entradas são gratuitas, basta agendar o dia para participar.

Floating Cinema faz parte do programa Portavillion, que monta pavilhões temporários para exibições artísticas. Esse ambicioso programa, que foi concretizado em 2008, faz parte da estratégia de eventos culturais para os Olimpíadas de 2012.

Se você mora em Londres e for participar do Floating Cinema, manda suas impressões para nós. Estamos bem curiosos para saber como é.

E fica também a inspiração para o nosso governo de pensar em iniciativas como essa para 2016!

Dica do Design Week.

 

 

 

Compartilhe: