Notícias

Evolução do logo da 3M, cuja primeira versão é de 1906, e teve, em 1961, uma versão de Piet Mondrian. Seu último desenho é da Siegel & Gale

Marcas. Nascidas por necessidade

Ericson Straub - Criadas com os mais diversos propósitos, desde a simples identificação de propriedade até a afirmação de qualidade, as marcas acompanham o homem há milênios e permeiam nossa existência carregadas de simbologia, representando cultura, atitude e, é claro, adoráveis objetos do desejo.
Jornal "O Raposa"

Gráfica. A vida, a vida…e

Ericson Straub - Você é capaz de adivinhar porque a mais inteligente e sofisticada revista brasileira de design nasceu em Curitiba e conseguiu sobreviver a todas as tempestades do mercado? Como diria o especialista em marketing, Eloi Zanetti, isto só aconteceu porque “alguém quis”. Neste caso, “o alguém” atende pelo nome de Oswaldo Miranda, mais conhecido como Miran, o homem que fez nascer uma das mais
Pierre Mendell

Pierre Mendell – a força do cartaz

Mariana Di Addario Guimarães - A exposição ”Pierre Mendell – Cartazes” trouxe ao Brasil obras de um dos grandes frutos da escola suíça Basel School of Design: Pierre Mendell. Sua principal contribuição com a história das artes gráficas foram precisamente os cartazes, sendo que sua produção mais vasta foi para duas instituições da Alemanha, a Neue Sammlung – Museu para Artes e Design, e a Bayerisch Staatsoper – Teatro Nacional de Munique.
"O ovo é um design perfeito, mesmo que feito com o ..."

Entrevista com Ronald Shakespear

abcDesign: Como você vê a evolução do escritório Diseño Shakespear? - Ronald Shakespear: O design mudou muito nos últimos 20 anos, muito mais que nos quinhentos anos anteriores. Vivemos em uma era em que a engenharia da simulação faz trotar dinossauros nos jardins de audiências fascinadas. O mundo mudou, as pessoas mudaram e o design também.
Sem título-2

Bauhaus. A pedagogia da ação

Antônio M. Fontoura - A “Staatliche Bauhaus” foi fundada por Walter GROPIUS em 1919, na Alemanha. Foi um acontecimento cultural importante e determinante durante a República de Weimar. Como centro de produção cultural e intelectual, enfrentou durante sua existência, sérios problemas políticos e ideológicos. Passou por Dessau e encerrou suas ativi-dades em Berlim. A Bauhaus não pode nem deve ser entendida como “idéia de um só homem”.