Nesta categoria, o Grand Prix também foi para o case Rom, do chocolate romeno que se americanizou para chamar atenção do público, mas aqui vai uma outra seleção de trabalhos que nós achamos bem legais entre os Leões de ouro, prata e bronze da categoria Direct.

Digital hilighting

Os marcadores da Edding podem ser usados em todos os lugares, exceto online. Ou podiam. A agência Kempertrautmann desenvolveu um marcador digital que pode ser instalado em qualquer navegador. Além de destacar os textos, ele permite salvem em PDF e compartilhem pelas mídias sociais.

Criação da KEMPERTRAUTMANN Hamburg, GERMANY


O recibo que chora

Freelancers sofrem porque demoram para ser pagos. Para tentar ajudá-los, a USG People desenvolveu um recibo com um chip que, quando exposta à luz começa a chorar. O pedido com certeza não passa despercebido nos departamentos financeiros.

Criação DUVAL GUILLAUME ANTWERP/MODEM, BELGIUM


Pooball Budweiser

Os homens adoram jogar futebol, mas também amam sair à noite. A Budweiser juntou as duas coisas e criou o Poolbal, um jogo que mistura sinuca e futebol que roda pelos bares de Buenos Aires. Quem aí não ficou com inveja dos hermanos?

Criação da OGILVY ARGENTINA Buenos Aires, ARGENTINA


Uma loja virtual no metrô

Na Coreia do Sul, a Tesco estava em defasagem no número de lojas em relação à concorrente e líder de mercado, E-mart. Como as pessoas têm uma vida muito corrida e pouco tempo para passar no mercado, a Tesco desenvolveu uma loja “virtual”, sendo que a primeira foi instalada no metrô. Nos banners, as fotos dos produtos possuem QR Codes que a pessoa fotografa para poder comprar pelo telefone. Imediatamente depois de fechado o pedido, os produtos são enviados para a casa das pessoas.

Libertem os presos políticos de Burma

Em 2010 aconteceu a primeira eleição em Burma, que pouco significaria por conta dos mais de 2 mil presos políticos no país. Para incentivar as pessoas a votarem a favor de sua libertação, a JWT Nova York desenvolveu para a Human Rights Watch uma instalação com fotos dos prisioneiros e canetas simulando as barras da prisão. As pessoas eram convidadas a pegar uma caneta e assinar a petição.

CHEIL WORLDWIDE Seoul, KOREA

Volta Ferrorama

Para voltar a lançar o famoso Ferrorama, a Estrela queria mais que apenas divulgar a novidade. Além disso, as pessoas da geração digital nem sabiam da existência do brinquedo. O presidente da empresa publicou um vídeo no YouTube desafiando a comunidade do Ferrorama no Orkut a fazer o trenzinho a andar os últimos 20 km quilômetros do Caminho de Santiago, no Chile, usando apenas 120 metros de trilhos e sem deixar o trem parar. As pessoas podiam acompanhar a façanha por live stream, fotos e Twitter. Depois de cinco dias eles conseguiram terminar e o produto foi relançado e esgotou em apenas 1 mês.

Criação da DD São Paulo

 

Compartilhe: