Quem tem mais ou menos 30 anos vai se lembrar de como era divertido o “anel do humor”. Já pensou em usar esse mesmo recurso para projetar um produto? Sem dúvida tem um  aspecto emocional interessante, estimula o toque e a brincadeira. Um exemplo é a mesa Touch, do designer italiano Simone Savini, que usa uma resina termo-sensível.

Outro trabalho que usa um princípio semelhante é o livro do escritório croata Bruketa & Zinic, que criou um livro com tinta termo-sensível. Para ler, tem que colocá-lo para assar.

Vamos pensar em mais projetos que usam calor humano?

Compartilhe: