Onde alguns enxergam uma escada, ele vê um piano. Em uma rachadura, ele acha o Homem-Aranha. Em um cano enferrujado, um elefante. Para resumir, encontra arte em mobiliários urbanos. Detalhista, o interventor urbano francês mostra que a criatividade e o olhar atento podem gerar bons resultados. Dá uma olhada!

Via www.juxtapoz.com

Compartilhe: