O jornal Estadão noticiou na tarde ontem (26) que o  Ministério do Esporte rebateu a fornecedora de material esportivo Adidas nesta quarta-feira ao publicar em sua conta no Twitter uma imagem que sugere alterações na estampa das polêmicas camisetas lançadas nos Estados Unidos, nesta semana, em alusão à exploração sexual durante a Copa do Mundo. A Adidas já cancelou a venda das camisetas que trazem mensagens de duplo sentido sobre a competição da Fifa.


Em resposta, o Ministério do Esporte publicou imagens em suas redes sociais com “correções” nas duas estampas produzidas pela Adidas. Na primeira, de fundo verde, o traço que sugere um biquíni entre nádegas, dentro do coração amarelo, vira um sorriso. E, na segunda, uma mulata também de biquíni dá lugar a uma baiana tradicional, sem insinuação sexual qualquer.

A mensagem desta estampa também foi modificada. A frase “Lookin to score”, que pode ser traduzida por “em busca dos gols” ou até “pegar garotas”, foi substituída por “We love Brazil” (Nós amamos o Brasil). A publicação do Ministério do Esporte nas redes sociais é mais uma reação do governo ao lançamento recente da marca alemã. A Embratur e o Ministério do Turismo repudiaram as estampas na segunda-feira. No dia seguinte, a presidente Dilma Rousseff avisou que governo iria aumentar o esforço no combate ao turismo sexual, sem citar diretamente as camisetas.

 

E aí, que ícones realmente representam o Brasil?

Fonte: Estadão

Outros casos:

Em 2013, a Marisa se equivocou com a grafia da palavra “rappers”, estampando suas camisas com “rapers” (palavra que remete a “estupradores”)

Em 2002, o episódio dos Simpsons no Brasil causou revolta no Ministério do Turismo. Especula-se que os roteiristas da série planejam um episódio com o retorno dos personagens ao Brasil para a Copa 2014.

 

:: PROMO ABC ::

NOSSA MELHOR OFERTA. AGORA COM FRETE GRÁTIS.


Acesse > http://www.infolio.com.br/produto.php?c=72&n=Assinatura+abcDesign&p=398

Chegou a hora de garantir uma coleção de conteúdo inspirador e referências criativas em sua casa.
Assine abcDesign por um ano e leve mais um pack de 10 edições.

Aproveite! Apenas R$ 129 (menos de R$ 9,22 por edição)

 

 

 

 

Compartilhe: